1 de dez de 2008

Quiero ser

Quiero ser
Aquella persona, que es madre,
Que tiene siempre una sonrisa cariñosa.
En el momento oportuno, la palabra amiga.
En la hora necesaria,
Púes... No quiero ser sólo aquella,
Que pode educar,
Que puede com el alma vibrar
En la hora en que todas las cosas,
Se aciertem...
Mas quiero ser
Aquela madre... Que tambiém suena,
Que llora,
Que se desanima,
Que es sensible,
Que ama,
Que sabe mirar... Escuchar.
Que sabe admitir que se equivoco,
Que sabe que, lo que hay que hacerse
No es lo que quiero,
Si no lo que vosotros dejaos.
Yo quiero ser...
Aqueja que tiene ojos para mirar
En azul del cielo, la propia naturaleza...
Quiero ser... Aqueja madre,
Que sabe escuchar la voz del viento,
Conductor de belleza,
Quiero saber apreciar
El brillo del sol,
La sonrisa del niño.
Quiero ser aquella madre
Que sabe conversar asuntos jóvenes,
Que sabe hablar y callarse en el momento ideal,
Pero por encima de todo,
Quiero escuchar la dulzura,
De ser llamada madre-amiga y compañera
.

(L.P.Dornales)

26 de nov de 2008

Teu carma

Tuas ações, atos e atitudes geram ações, atos e atitudes
Teu carma é o efeito daquilo que causaste.
Ao transformares teu modo de Ser,transformarás as reações na tua existência.
Modifica teu carma, mudando tuas ações.
Quem joga rosas é a primeira pessoa a se perfumar.
Quem atira lama, é o que mais se enlameia.
Podes modificar o teu carma, aceitando o teu hoje e reprogramando tuas atitudes desagradáveis. Ninguém te machuca, tu é que te machucas, mas não percebes; por isso acusas os outros.
Ninguém te faz infeliz, tu é que esperas que os outros te façam feliz.
A Lei do Retorno faz com que tudo sempre volte ao ponto de partida; Logo é importante lembrares que: ...se mudares tuas ações, estarás mudando o teu carma;
...erros acontecem para ensinar;
...edificação íntima requer esforço pessoal;
... daquilo que deste receberás multiplicado;
CARMA É O RESULTADO DE TUAS AÇÕES .
“A cada um de acordo com o seu comportamento”.
Analisa atentamente a ligação entre situações, idéias e acontecimentos.
Observa a veracidade de tudo o que acontece em tua existência e verás que não são por si só os fatos de vidas passadas que te complicam a existência na atualidade, e sim a perpetuação dos velhos modos de pensar e de agir, das crenças incoerentes e dos pontos de vista contraditórios.
(Hammed)

16 de nov de 2008

Afeto e reciprocidade


"Afeto e reciprocidade são particularidades que vivem no coração de cada um. Mais importante que a forma de expressar os sentimentos bons, é a grandeza que existe num ato de amor. E neste ato, seja ele qual for, certamente sempre existirão os três quesitos básicos: respeito, confiança e admiração."Todos estes quesitos são jogados fora, quando um outro entra em cena: egoísmo. Tão presente nos dias de hoje e cada vez mais praticado.(Autor desconhecido)

13 de nov de 2008

Rosas

Rosas singelas,
Tão lindas!
Cultivadas com amor!
Vão crescendo tão belas,
Exalando um perfume que revela,
As mãos do Criador! By JC

2 de nov de 2008

Confecção própria


Voltei para as minhas costuras! Aí estão os modelitos confeccionados por mim.

26 de out de 2008

18 de outubro

De uma família formada por cinco irmãos, ela foi a quarta filha. Três homens e duas mulheres. O pai de origem espanhola e a mãe de origem portuguesa. A família do pai tinha fortes dotes musicais. Ele era ourives. Aos sete anos o pai matriculou-a no Conservatório de Música de Pelotas onde estudou durante onze anos, formando-se em Teoria Musical e Piano. O Diretor do Conservatório queria que ela seguisse a carreira de pianista. Por timidez ela não aceitou.
Sempre ouvi que foi a determinação do pai que a fez estudar piano. Ele, durante a sua infância acompanhava-a até a porta do prédio e ela ao terminar a aula tinha que passar na oficina do pai onde ele a esperava com um copo de leite e bolachinhas. Em casa sempre foi tratada com muito zelo e os estudos eram acompanhados por seu pai que tocava flauta.
Namoros e festas não eram permitidos. Sempre teve uma vida saudável com passeios de barco, piqueniques e veraneios na Marambaia, lugar as margens do Canal do São Gonçalo. Durante o veraneio o piano era levado para que ela continuasse seus estudos. Ele gostava muito de ouvi-la tocar. Muitas vezes ele solicitava que ela tocasse piano enquanto ele ia para o meio do canal, de barco, para ouvi-la à luz do luar.
Durante estes veraneios conheceu um admirador que também apreciava música e freqüentava os saraus da família. Começou a namorar depois de certa resistência do pai. Tornou-se professora de canto orfeônico, após concurso para o Magistério Municipal, onde obteve o primeiro lugar. Casou, teve sete filhos, em dez anos. Deixou de trabalhar para criar os filhos. Após o nascimento do sétimo filho retornou ao trabalho em escola municipal. Como professora competente, foi convidada a ministrar aulas no Conservatório de Música de Pelotas aposentando-se aos sessenta e sete anos de idade.
Hoje ainda temos a grande satisfação de ouvi-la tocar piano. É uma mulher que tem muita garra e determinação. Passou por grandes trabalhos e nunca desistiu de lutar. Tem um temperamento forte e mesmo com idade ela está sempre no comando dos seus atos. É uma mulher ativa até hoje. Gosta de trabalhos manuais e está sempre envolvida com arrumações da sua casa, mudando móveis bordando, fazendo crochê, tocando piano. A maior lição que ela sempre nos ensina é a de lutar e vencer mesmo quando pensamos em nos acomodarmos.
Mãe esta é uma simples homenagem que te faço pela passagem dos teus oitenta e quatro anos no dia 18 de outubro! És um exemplo a ser seguido por todos nós!

21 de out de 2008

Quero

" Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto,
Mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos,
que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo,
que abusa demais dos bons sentimentos que a vida proporciona,
que dê valor ao que realmente importa,
que é meu sentimento...
e não brinque com ele."
Mário Quintana

12 de out de 2008

Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Nossa Senhora me de a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim

9 de out de 2008

Eu carrego você comigo

Carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração
Nunca estou sem ele
Onde quer que vá, você vai comigo
E o que quer que faça
Eu faço por você
Não temo meu destino
Você é meu destino, meu doce
Eu não quero o mundo por mais belo que seja
Você é meu mundo, minha verdade.
Eis o grande segredo que ninguém sabe.
Aqui está a raiz da raiz
O broto do broto e o céu do céu
De uma árvore chamada VIDA
Que cresce mais que a alma pode esperar ou a mente pode esconder
E esse é o pródigo que mantém as estrelas á distancia
Eu carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração.(E.E.Cummings)

23 de set de 2008

Feliz Ano Novo Tita

Linda flor da primavera do inicio da estação!
Estás sempre esparramando sorrisos com muita satisfação!
Ternura está sempre brotando dentro do teu coração!
Imagino para ti a vida com muita emoção!
Chegaste trazendo alegria e criando com perfeição!
Infinita é a tua bondade demonstrada com afeição!
Amorosa, flor graciosa, querida do meu coração
!

21 de set de 2008

Fragmentos

“Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.

Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade...
Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram...
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!”
Clarisse Lispector

14 de set de 2008

Feliz ano novo



Pensando em ti nesta data tão especial em que completas 60 anos, dos quais, digo com muita alegria que trita e seis estamos convivendo junto, quero te dizer querido:




Amor de outono
Quando as almas se enlaçam
O calor, se não o mesmo,
Se entranha;
Passam folhas, passam flores
Mas o tronco e as raízes
Permanecem,
Sobrevivem ao inverno
E florescem
Ao chegar
A primavera.
Amor que espera,
Amor que entende
Que aquece
Sem ser quente
Confortável, ternamente
Se afirma
Em valores permanentes
Na raiz do sentimento
E do tempo.
Amor de outono
Tão ameno,
Duradouro,
Tão dourado
E precioso
Vence o inverno,
A dor e a morte;
Amor eterno.


(Roberto Amorim)

9 de set de 2008

Tende piedade dos pobres de espírito!


Existem pessoas que tem o dom de procurar meios para desestruturar aqueles com quem tem contato. Não sei se nasceram assim ou a vida foi tão frustrante que assim se tornaram. Adversidades a vida nos impõe. Mas nem por isso temos o direito de transferir as falhas para as pessoas à nossa volta. Aliás, penso que à medida que amadurecemos temos o livre arbítrio para fazer da nossa vida a melhor possível. A harmonia é uma das coisas que devemos buscar sempre. A ternura nas palavras para com os outros também é uma qualidade que devemos usar todos os dias. Estando de mau humor, temos que digerir e não jogar nos outros as nossas frustrações. Somos donos da nossa escolha de vida e ninguém é responsável por isso, apenas nós. Admitir a qualidade de cada um é uma forma de melhorarmos. Todo o dia deve-se exercitar estas qualidades, reconhecendo o que cada um faz pelo seu semelhante em vez de alfinetar e irritar os outros. Estas pessoas que se dizem espiritualizadas esquecem a doutrina que seguem e tentam desestruturar os que estão à sua volta. Para quê?

27 de ago de 2008

Mãe desnecessária


"A boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo. Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase e ela sempre me soou estranha. Até agora. Agora que minha filha adolescente, aos quase 18 anos, começa a dar vôos-solo. Chegou a hora de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos. Uma batalha hercúlea, confesso. Quando começo a esmorecer na luta para controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara. Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária.Antes que alguma mãe apressada venha me acusar de desamor, preciso explicar o que significa isso. Ser 'desnecessária' é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e cometer os próprios erros também. A cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical. A cada nova fase, uma nova perda é um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho. Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não pára de se transformar ao longo da vida. Até o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo.O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado, o conforto nas horas difíceis. Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres. Esse é o maior desafio e a principal missão. Ao aprendermos a ser 'desnecessários', nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar."Márcia Neder

24 de ago de 2008

Acróstico

Queres desafios?

Gostas de viver cantando!
Impossível não apreciar,
Assim vais ambicionando,
Nasceste para criar,
Amanhã irás ninar!

21 de ago de 2008

Rimas

Riminhas para sorrir!

Cansei,
Cansada fiquei,
Do cansaço dessa trela!
Vira a mesa,
Muda a vela,
Que a vida é bela! By JC

19 de ago de 2008

Para a Tita


A Tita mais uma vez está nos dando uma alegria por ter sido aprovada no vestibular do recém criado Curso de Dança na UFPeL. Ela já cursou Dança Flamenca durante algum tempo, com muita graça! Quando foi anunciado este novo curso, resolveu tentar. E aí está, conseguiu. Além de Arquiteta será também graduada em Dança. É a melhor forma de expressão corporal para esta filhota tão meiga e sensível.
Lendo Marta Medeiros sempre consigo tirar algum proveito das suas palavras para passar uma mensagem e esta é para a Tita
“... ao nascer, recebemos mais ou menos o mesmo dote: uma família, algum amor e alguns ensinamentos. Para quem é um pouco preguiçoso ou carente de imaginação, isso basta como baliza. Irá se satisfazer com o que foi recebido e contar sempre a mesma história sobre si mesmo. Mas há os desassossegados de nascença: louvados sejam. Para esses, a vida é um livro em branco, uma oportunidade desafiadora de criar o seu próprio personagem e enriquecê-lo com experiências, desejos, erros, acertos, alegrias, tristezas. Qual é o maior presente que nossos pais podem nos dar, além de algum amor e algum ensinamento? É justamente essa fagulha acesa no olhar, esse espírito aberto, o empurrão para ir além do “prefácio” e buscar a construção de si próprio visitando outras galáxias – que nada mais são do que outras pessoas e vivências. É através dessa matéria-prima que iremos estabelecer o fio da nossa narrativa, é que permitiremos que os outros nos conheçam – e que a gente se auto-conheça mais um pouco também, através do olhar de fora. É uma vida inventada? No melhor sentido. É uma vida que se atreveu a ir além dos 10 mandamentos iniciais. É uma vida regida por outros tantos: não julgarás os diferentes de ti, não criticarás o próximo sem antes ouvir suas razões, não te contentarás com o que aprendestes em casa, não evitarás estradas só por não saber onde elas levam, não abdicarás de conhecer mais a ti mesmo, não censurarás aquilo que não compreendes, não te acorrentarás ao que te dá segurança, não te conformarás com tua ignorância, não temerás a amplificação do teu universo". Parabéns, querida!

16 de ago de 2008

Leituras

Acabei de ler o livro "Uma ponte para Terebin", da escritora gaúcha Letícia Wierzchowski.
Muito bom! Recomendo! Para quem gosta de história de antepassados, narrada na época da segunda grande guerra é envolvente. Leitura que faz com que o leitor, entre tantas histórias dessa época mergulhe nas entrelinhas dessa comovente narrativa da escritora. Ela conta a trajetória de um imigrante polonês que vem tentar a vida no Brasil, mais especificamente em Porto Alegre no Rio Grande do Sul. Com o desenrolar da segunda guerra, mais precisamente com a invasão da Polônia onde ficaram seus parentes ele volta para lutar pela sua pátria. Foi interessante o sentimento despertado enquanto lia o livro e ouvia o noticiário da atual disputa por territórios entre a Geórgia e a Rússia com as cenas chocantes de civis sendo massacrados. Por quê? Não bastam todas as guerras existentes? Até quando os povos serão massacrados? By JC

14 de ago de 2008

Poeminha Amoroso

Este é um poema de amor tão meigo, tão terno, tão teu...
É uma oferenda aos teus momentos de luta e de brisa e de céu...
E eu, quero te servir a poesia numa concha azul do mar ou numa cesta de flores do campo.
Talvez tu possas entender o meu amor.
Mas se isso não acontecer, não importa.
Já está declarado e estampado nas linhas e entrelinhas deste pequeno poema, o verso;
o tão famoso e inesperado verso que te deixará pasmo, surpreso, perplexo...
eu te amo, perdoa-me, eu te amo... Cora Coralina

11 de ago de 2008

Para Pensar

Existe apenas uma idade para sermos felizes, apenas uma epoca da vida de cada pessoa em que é possível sonhar, fazer planos e ter energia suficiente para os realizar apesar de todas as dificuldades e todos os obstáculos. Uma só idade para nos encantarmos com a vida para vivermos apaixonadamente e aproveitarmos tudo com toda a intensidade, sem medo nem culpa de sentir prazer. Fase dourada em que podemos criar e recriar a vida à nossa propria imagem e semelhança, vestirmo-nos de todas as cores, experimentar todos os sabores e entregarmo-nos a todos os amores sem preconceitos nem pudor. Tempo de entusiasmo e coragem em que toda a disposição de tentar algo de novo e de novo quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na nossa vida chama-se presente e tem a duração do instante que passa.

Mario Quintana

10 de ago de 2008

Capa de caderno


A Tita pediu e aí está! Capa para caderno com motivo em Patchwork. Ainda sei fazer!

9 de ago de 2008

Se as águas do mar da vida quiserem te afogar.
Segura na mão de Deus e vai
Se as tristezas desta vida quiserem te sufocar.
Segura na mão de Deus e vai
Segura na mão de Deus, pois ela te sustentará.
Não temas segue adiante e não olhes para trás.
Segura na mão de Deus e vai.
Se a jornada é pesada e te cansas da caminhada.
Segura na mão de Deus e vai
Orando, jejuando, confiando e confessando.
Segura na mão de Deus e vai.
O Espírito do Senhor sempre te revestirá.
Segura na mão de Deus e vai
Jesus Cristo prometeu que jamais te deixará.
Segura na mão de Deus e vai

3 de ago de 2008

Caminhos e escolhas


Hoje resta para ela, olhar ao longe e imaginar como eles estarão. O olhar dela perde-se no horizonte e aquela dor permanece. Como gostaria de uma palavra carinhosa, um abraço afetuoso, um sorriso, a compreensão pela atitude tomada, o perdão! O tempo passa e parece que o que resta são as dores carregadas durante toda a vida. Diante de todos, o sorriso e a alegria, constante em seu semblante, permanecem. Nunca se ouviu dela uma queixa, uma lamúria. Assim ela vai levando a vida que lhe resta. Agora ela se dedica a cuidar das plantas ao mesmo tempo que transfere todo o seu amor e carinho para os cachorros que andam à sua volta seguindo-a aonde ela vai. Até quando? By JC

30 de jul de 2008

102 anos de Mário Quintana

"Quero sempre poder ter um sorriso estampado em meu rosto,
Mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida proporciona,
que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento... e não brinque com ele."Mário Quintana

24 de jul de 2008

Dom Casmurro


Entre a minha ida e vinda de Bagé, para visitar minha filhota Giana, reli Dom Casmurro de Machado de Assis. É um clássico da literatura brasileira que pode ser lido e relido. A maneira como o autor vai narrando à história faz com que pareça que ele está conversando com o leitor. Percebe-se certa ironia naquilo que ele conta. O tema trata além do modo como na época os filhos já nasciam com o destino traçado e o drama para mudá-lo, como também com o adultério, que não é comprovado. O personagem principal narra a sua vida desde a época da adolescência até a maturidade. Sua paixão pela amiga de infância, o casamento com Capitu, seu ciúme doentio. Sua submissão à mãe viúva. Lendo e relendo fica sempre a dúvida: Capitu traiu ou não Bentinho. Cada leitor que tire suas conclusões!

23 de jul de 2008

Antepassados

Ando me distraindo na busca de meus antepassados, depois que recebi um convite para participar do site www.meusparentes.com.br. Achei bem interessante! Quando se é jovem, estas coisas não são muito importantes. Chegando a certa idade começo a olhar para trás tentando saber de onde vim e qual a herança biológica que me foi dada. Tendo poucas pessoas que possam me responder vou procurando descobrir quem foram eles e de onde vieram..
Comecei a ler o livro de crônicas de José Saramago, A bagagem do viajante. Qual não foi minha surpresa ao ler a primeira crônica: Retrato de antepassados. Do que li e gostei foi o que ele muito bem colocou: “Entendo que cada um de nós é, acima de tudo, filho das suas obras, daquilo que vai fazendo durante o tempo que cá anda. Saber donde vimos e quem nos gerou, apenas nos dá um pouco mais de firmeza civil, apenas concede uma espécie de alforria para a qual em nada contribuímos, mas que poupa respostas embaraçosas e olhares mais curiosos do que a boa educação haveria de permitir. Ser filho de alguém bastante conhecido para que não fiquem em branco as linhas do cartão de identidade, é como vir ao mundo carimbado e com salvo conduto”.

18 de jul de 2008

Leituras


Acabei de ler o livro "Marcas de nascença" da escritora Nacy Huston, canadense radicada na França. Pelo que pesquisei é o único livro traduzido para o português. Ela já tem 11 livros publicados. Este é muito bom! É a história de uma família com marcas de nascença e também marcas da criação de cada um,“um adulto nada mais é do que uma criança que sofreu.”. Recomendo!

Aniversário de casamento


A aliança não surgiu do nada. Surgiu entre os gregos e os romanos, vindo de um costume hindu e simbolizava o casamento. Os romanos acreditavam que no quarto dedo da mão esquerda passava uma veia (veia d’amore) que estava diretamente ligada ao coração, costume carregado culturalmente até os dias de hoje. Os egípcios também ofereciam um anel à mulher que amavam e esta, usava-o no dedo anular da mão esquerda. Assim, o dedo anular esquerdo tornou-se, o dedo que se usa a aliança de casamento. Uma aliança também pode simbolizar a eternidade, já que é um círculo e não tem fim. O seu uso em cerimônias significa que duas pessoas estão unidas para sempre. A partir do séc. IX a igreja cristã adotou a aliança como um símbolo de união e fidelidade entre casais cristãos.
Ontem, 17 de julho completamos 32 anos de casados. União que firmamos com muito amor, companherismo e confiança. Que esta data possa ser comemorada por muitos e muitos anos!

16 de jul de 2008

Catedrais

Meu coração tem catedrais imensas,
Templos de priscas e longínquas datas,
Onde um nume de amor, em serenatas,
Canta a aleluia virginal das crenças.

Na ogiva fúlgida e nas colunatas
Vertem lustrais irradiações intensas
Cintilações de lâmpadas suspensas
E as ametistas e os florões e as pratas.

Como os velhos Templários medievais
Entrei um dia nessas catedrais
E nesses templos claros e risonhos ...

E erguendo os gládios e brandindo as hastas,
No desespero dos iconoclastas
Quebrei a imagem dos meus próprios sonhos!Augusto dos Anjos

12 de jul de 2008

Investimentos

Certa vez a mãe de uma amiga das minhas filhas disse que filhos são investimentos e que por isso devíamos cuidá-los. Ela se referia às amizades e companhias com quem nossos filhos andavam.
Hoje quando lembro do que foi dito, reflito, concordo e vou mais além. O maior retorno do investimento feito na formação dos filhos é a satisfação que sentimos em vê-los plenamente realizados na escolha da profissão, na conquista do trabalho e da independência.
Só tenho que agradecer pelo investimento feito com minhas três filhas.
O lucro que estou tendo me torna uma pessoa plenamente realizada.
by JC

30 de jun de 2008

Formatura

Coquetel após a Missa de Colação
Missa na Catedral
Recepção
Recepção
Recepção
As fotos mostram a nossa alegria!

22 de jun de 2008

Aniversário



Ano novo
Nesta data
Imagino, sonho,
Vejo muita alegria,
Rezo para ter,
Saúde,
Amor, muito
Riso que
Ilumine
O meu caminho!
by JC

18 de jun de 2008

Ser


Deixa-me ser como sou.
Aceita-me com o meu jeito de ser
Gosto de assim ser!
Quieta,
Reservada,
Pouco falante
Muito observadora!
Esta maneira de ser
Não interfere na vida de ninguém
Então, não te preocupes.
Estou feliz sendo o que sou!by JC

17 de jun de 2008

As pombas


Vai-se a primeira pomba despertada...

Vai-se outra mais... mais outra... enfim dezenas
De pombas vão-se dos pombais, apenas

Raia sanguínea e fresca a madrugada...
E à tarde, quando a rígida nortada

Sopra, aos pombais de novo elas, serenas,
Ruflando as asas, sacudindo as penas,
Voltam todas em bando e em revoada...
Também dos corações onde abotoam,

Os sonhos, um por um, céleres voam,
Como voam as pombas dos pombais;
No azul da adolescência as asas soltam,

Fogem...
Mas aos pombais as pombas voltam,
E eles aos corações não voltam mais... (Raimundo Correia)

8 de jun de 2008

Domingo cinzento


Olhando pela janela,
Consigo ver os verdes matizes da plantas.
A bruma cai de mansinho quase imperceptível,
Parece que a terra agradece a umidade que recebe suavemente.
Os passarinhos estão recolhidos nos galhos das árvores,
Ouço ao longe um bem-te-vi cantar rapidamente
Logo o silêncio se faz presente.
Dentro de casa ouço apenas o crepitar do fogo na lareira, O chimarrão já está me esperando!

7 de jun de 2008

Hoje


- Hoje tratarei de viver exclusivamente este meu dia, sem querer resolver o problema da minha vida de uma só vez.
- Hoje terei o máximo cuidado com o meu modo de tratar os outros. Delicado nas minhas maneiras, não criticarei ninguém, não pretenderei melhorar ou disciplinar ninguém senão a mim mesmo.
- Hoje me sentirei feliz com a certeza de ter sido criado para ser feliz, não só no outro mundo, mas também neste.
- Hoje me adaptarei às circunstâncias sem pretender que as circunstâncias se adaptem a todos os meus desejos.
- Hoje dedicarei dez minutos de meu tempo a uma boa leitura, lembrando-me de que assim como é preciso comer para sustentar o corpo, assim também a leitura é necessária para alimentar a vida da minha alma.
- Hoje praticarei uma boa ação sem contá-la a ninguém.
- Hoje farei uma coisa de que não gosto, e se for ofendido nos meus sentimentos procurarei que ninguém o saiba.
- Hoje farei um programa bem completo do meu dia. Talvez não o execute perfeitamente, mas em todo o caso vou fazê-lo. E guardar-me-ei bem de duas calamidades: a pressa e a indecisão.
- Hoje não terei medo de nada. Em particular, não terei medo de gozar do que é belo e não terei medo de crer na bondade.
Papa João XXIII

3 de jun de 2008

Pai

Quero que me escutes,
Estejas onde estiveres!
Estou muito feliz com os acontecimentos daqui.
Sinto muito pesar por não estares presente para comemorarmos,
Mas conhecendo-te como te conheço
Sei que ficarás muito feliz em saber da minha alegria!
Posso imaginar teu grande e franco sorriso,
E o teu orgulho pela conquista da tua neta “a nenê do a nenê”!by JC

1 de jun de 2008

Gripe


Garganta irritada,
Rinite constante,
Indisposição geral!
Paciência esgotada,
Estou muito mal!

31 de mai de 2008

Crochet Filé


Mesmo reclamando que não tenho tempo para nada e nem inspiração para meus trabalhos manuais, consegui terminar este bico de crochet e aplicá-lo em uma toalha de rosto. Ela será um dos brindes que serão rifados, para angariar fundos, para o grupo de dança que vai participar do festival em Santa Maria em outubro

30 de mai de 2008

Emoção



Que momentos são estes que transbordam nosso coração de emoção?
Será o brilho prateado do sol de outono?
Será o calor do fogo de uma lareira?
Será o olhar cúmplice, do companheiro?
Será a expectativa pelo que há de vir?
Serão os momentos felizes da reunião familiar?
Ah! Emoção, emoção!
Deixa-me guardar-te bem perto de mim! by JC

28 de mai de 2008

Amor


Uma vem
Outra vai
Uma por enquanto fica!
Quando estão juntas, enchem meu coração de alegria!
Quando partem enchem meus olhos de lágrimas.
Mas sempre fica a certeza que mesmo estando longe
Todas estão sempre no meu coração!
Embora a distância de cada uma, junto com a presença de outra,
Torna a nossa ligação cada vez, mas forte a ponto de não precisarmos estar no mesmo espaço físico para sabermos o que cada uma está sentindo.
A isto eu chamo amor, construído por uma família que sempre sonhei ter!
by JC

25 de mai de 2008

As limitações e a programação negativa


Por que será que temos tanta dificuldade para nos comportar em nosso próprio benefício? O 99% do poder da mente humana está concentrado no inconsciente. Mas toda a nossa educação costuma explorar apenas o consciente. Não nos ensinam a trabalhar com o inconsciente, cuja porta de acesso é o hemisfério direito do cérebro.As limitações que vivemos decorrem da programação negativa instalada em nós durante a infância, e também do uso limitado que fazemos do nosso cérebro. Todos temos dentro de nós um “termostato” que determina o nosso valor. Aliás, todos temos escrito na testa, com tinta invisível, o quanto valemos. Quando aumenta o seu termostato, você aumenta o valor que acha que tem e, em conseqüência, aumenta o que o mundo vai entregar para você.Quem determina o seu termostato ou o seu valor pessoal, é você. E essa temperatura interna não tem nada a ver com a temperatura externa. Se o seu termostato interno diz, por exemplo, que você vale meio milhão de dólares, isso é o que o mundo tende a entregar para você, independentemente da crise econômica, da situação do país, da conjuntura mundial etc. O que vale é a sua estrutura interna. O mundo é um reflexo do seu interior.Para acompanhar a evolução do mundo, você precisa usar o seu cérebro de modo diferente do habitual. Se você tiver sucesso dentro do seu cérebro, o sucesso virá. Se você tiver amor, vai receber amor. No momento em que você muda suas crenças e seus valores, o mundo muda para você num estalar de dedos.William James, um dos grandes filósofos e psicólogos americanos, disse: “Até agora pensava-se que, para agir, era preciso sentir. Hoje, sabe-se que, se começarmos a agir, o sentimento aparece.”. E concluiu: “O passarinho não canta porque está feliz, ele está feliz porque canta”. Ainda que esteja deprimido, se você começar a agir de um jeito feliz, você passará a se sentir feliz e, então, será feliz. O comportamento muda o sentimento e este muda o pensamento.Seguindo esse raciocínio, você pode não estar recodificando diretamente as crenças negativas instaladas no seu cérebro. Mas estará diminuindo o peso delas na sua vida e, ainda, estará exercitando a forma correta de instalar crenças positivas no seu cérebro.(Lair Ribeiro)

23 de mai de 2008

Você é responsável pela sua vida


Dar-se conta de que você é responsável pela sua vida pode ser algo transformador, pois lhe dá a possibilidade de escolher entre assumir a responsabilidade ou não. ... E se assumir, você terá de abandonar a confortável posição de vítima em que se coloca e ir em busca do que você realmente deseja para si. Então, você pensa: “Abrir mão da minha vida, nem pensar. Mas assumir a responsabilidade por tudo dá muito trabalho!”. Pois vou lhe contar um segredo: a posição de vítima pode ser muito mais pesada do que os esforços que você venha a fazer para alcançar sua realização pessoal. Portanto, a hora é agora. E uma das ações mais importantes no momento de retomar as rédeas da sua vida é perdoar. Desde criança, nos ensinam que devemos perdoar, e muitos de nós crescemos sem saber direito o que isso significa. Perdoar pode ser muitas coisas, mas, antes de mais nada, é uma atitude inteligente. Se alguém o ofendeu e você insiste em não perdoar, quem carrega o peso da ofensa é você. Logo, perdoar é assumir a responsabilidade por aquilo que você sente. Perdoar é diferente de esquecer. Esquecer uma ofensa, por exemplo, é pôr uma pedra em cima dela. Você pode nem pensar mais naquilo, mas a energia fica lá, estagnada embaixo da pedra! Ao perdoar, porém, você se liberta das amarradas do passado e permite que a sua energia flua positivamente, trazendo mais alegria ao seu ser.Perdoar pode demandar tempo, paciência e dedicação. Pode não ser fácil, pode demandar muita força e sabedoria, mas os resultados são compensadores! Além de purificar a alma e proporcionar um sentimento de leveza, afinal de contas, você está abrindo mão de sentimentos negativos como raiva, ódio, desprezo, entre outros, também renova as energias, o perdão traz mais vitalidade e força para lutar pelos seus ideais. Isso porque enquanto você estiver guardando mágoas, remoendo ofensas e permitindo que a dor e o sofrimento cresçam e se multipliquem em seu interior, você estará gastando valiosas unidades de energia, principalmente cerebrais, que poderiam ser muito mais bem empregadas em prol do seu crescimento pessoal e profissional. Quando uma pessoa nutre pensamentos rancorosos, tais pensamentos tendem a se acumular, gerando tensões, insônia, agitação e destruindo sua paz. Ao perdoar, você libera a dor e o ressentimento que, durante anos, vinha carregando como se fosse um fardo pesado e inconveniente. Ao perdoar, você deixa de ser vítima de quem o prejudicou, recupera seu poder e assume a responsabilidade pelo que você sente. Lembre-se de que nossos verdadeiros inimigos são a raiva e o ódio, emoções que podem crescer desordenadamente quando nos descontrolamos e que são potencialmente destrutivas, que nos corroem, minando a nossa energia e vitalidade, podendo gerar graves doenças. (Lair Ribeiro)

19 de mai de 2008

Dança pra ti!

A Tita escreveu para mim. Achei tão bonito que merece ser postado!

''Dança...sem te preocupar com passos certos, tempos rígidos e coreografias ensaiadas...
Dança...lindamente, como sabes dançar!!!

Dança...e te emociona contigo...

Dança...faz voltas como uma borboleta prestes a alçar vôo...

Dança...mas dança com o coração, com emoção e sem medo de errar...

Dança e pensa no carinho que estás fazendo pro teu doce coração!!!!

E quando não conseguires fazer um passo, e estiveres prestes a errar, prestes a cair... ri de ti mesma, aprendendo com teus pés que não se cansam de tentar!

Leva a superação de novos tempos para tua vida...sem perder a graça, e leva também os embalos deste compasso, que só tu sabes dançar..."
by Tita

18 de mai de 2008

Atitude - Eu Danço



Neste sábado, pela manhã, tivemos o Aulão promovido pela Academia de Dança Atitude – Eu Danço. O evento foi organizado pela Profª Lais Halal. A saída foi do Laranjal Praia Clube, com carro de som e foguetes saudando as participantes. Mais ou menos 40 mulheres maduras, dançaram, evoluíram e se divertiram muito. O percurso foi do Clube, pela Avenida Rio Grande do Sul, até o Shoping e retornando ao Clube, onde almoçamos com todo o grupo. Admirável foi ver o ânimo e o fôlego da turma que dançou durante uma hora e foi aplaudida pela platéia!